segredos do paparazzi

domingo, 5 de abril de 2009

Quem não gosta de comer pizza? Não conhecemos nenhum louco para afirmar isto! Conhecemos sim alguns loucos que pagam caro, muitas vezes, para comer arremedos de pizza. Mas uma verdadeira e saborosa pizza (que é uma preparação culinária que consiste em um disco de massa fermentada e farinha de trigo, regado com molho de tomates e coberto com ingredientes variados...

segredos do paparazzi

 


...que normalmente incluem algum tipo de queijo e carnes preparadas ou defumadas e ervas, normalmente orégano ou manjericão, tudo assado em forno à lenha) não é muito fácil encontrar.

 



Alguns registros indicam que a invenção da pizza se deve aos egípcios e hebreus, que já consumiam uma fina camada de massa, conhecida como “pão de Abraão”, há mais de 6 mil anos.  Os gregos também são considerados pioneiros, pois também faziam massas a base de farinha de trigo, arroz, grão-de-bico e as assavam em fornos primitivos, próximas à tijolos quentes.

Apesar desses registros, foram os italianos que transformaram a “fina massa” num dos mais deliciosos pratos do planeta, a pizza! Também foram eles que acrescentaram tomate e popularizaram tanto a pizza, a ponto de ser vendida em barracas de ambulantes (que faziam a massa no formato desejado pelo cliente e era servida dobrada ao meio como se fosse um sanduíche) e comida no café da manhã. Nesse período, a pizza, ou melhor, a “picea”, era um alimento de pessoas humildes, servida com ingredientes baratos e objetivava "matar a fome" principalmente da parte mais pobre da população. Normalmente a massa de pão recebia uma cobertura de toucinho, peixes fritos e queijo.

 

Diz-se que o primeiro pizzaiolo da história foi o italiano Don Rafaelle Espósito, proprietário de uma famosa pizzaria em Nápoles, considerada a cidade berço da pizza, a Pietro il Pizzaiolo. Foi no verão de 1889 que Don Rafaelle conseguiu fama. Convidado a cozinhar no palácio Capodimonte para o Rei Humberto I e sua Rainha Margherita de Sabóia, o pizzaiolo resolveu homenagear a rainha e fez uma pizza com as cores da bandeira italiana: a mussarela branca, o tomate vermelho e o manjericão verde. Em homenagem à rainha, também batizou sua invenção de Margherita. Pronto, estava criado um dos sabores mais deliciosos e populares de pizza.

No Brasil, a pizza chegou a fins do século XIX, com a grande onda imigratória que trouxe muitos italianos, principalmente para o sul do país e para a cidade de São Paulo. Até 1950, a pizza estava restrita aos bairros italianos e era um alimento mais saboreado pelos seus descendentes. Foi no bairro paulistano do Brás que a pizza começou a ser comercializada e que os apreciadores da culinária italiana começaram a degustá-la. Aos poucos o hábito foi se disseminando pela cidade, com a abertura de novas cantinas. No Brasil, a pizza ganhou novos ingredientes, desde frutas tropicais (abacaxi, laranja, manga) até carnes e embutidos.

Mas, se São Paulo pode ser considerada a cidade mãe da pizza no Brasil, não é apenas nessa cidade que podemos encontrar uma saborosa pizza. Já temos em Salvador uma pizzaria especialíssima, a Paparazzi pizzaria e restaurante, na Rua Recife, em meio aos vários bares do Jardim Brasil. Não, não precisa ficar com medo, não há perseguições, nem fotografias! Ao contrário você será muito bem atendido, num lugar aconchegante, sem contar que comerá muito bem! Entre que você vai gostar! Ali você pode comer uma excelente pizza num ambiente agradável de um casarão antigo com jardim externo que lembra muito os ambientes alegres do verão mediterrâneo.

 

O proprietário chama-se Luca, (natural de Viterbo, cidade próxima de Roma) e vive no Brasil há 18 anos. (Juraci está à sua direita)Após ter terminado o serviço militar na Marinha Italiana, resolveu visitar o pai, designer de jóias, que já morava no Rio de Janeiro. Quatro anos depois, cansados da violência da cidade carioca, resolveram visitar Salvador e aqui se estabeleceram. Desde então Luca vem trabalhando como chefe de cozinha em vários restaurantes e pizzarias da cidade. Há 8 meses decidiu fundar seu próprio restaurante.

 

As pizzas artesanais da Paparazzi são amaciadas pelas mãos treinadas e experientes do pizzaiolo Emanuele, natural de Palermo, no Brasil há apenas 6 meses. Aos 13 anos Emanuele foi iniciado na arte culinária pelo pai. Aliás, toda a família de Emanuele, assim como de Luca, com exceção apenas de seu pai, estão ligados, de uma forma ou de outra, aos restaurantes e pizzarias. Mas, não são apenas pizzas que saem da especialíssima cozinha do Paparazzi, as massas são uma boa pedida! As “bruschettas” também são deliciosas, o pão italiano é feito na própria pizzaria. Sob encomenda, também é possível saborear a famosa “porcheta”, prato típico de Viterbo, cidade natal de Luca.

O cuidado de Luca com o preparo da pizza e com o bom atendimento ao cliente chega ao forno à lenha, pois a madeira escolhida, o eucalipto, é a que garante um gosto mais saboroso à massa. Quem diria! Até a escolha da madeira é importante para uma boa pizza! Os preocupados com o ambiente não precisam ficar assustados, Luca temautorização do IBAMA! A pizza é ecologicamente correta!! Os cuidados são exte

nsivos à escolha dos frutos do mar. Mexilhões e ostras vêm de um criadouro localizado em Santa Catarina, onde a maricultura é uma das principais atividades econômicas. Todas as quintas-feiras, Luca vai buscar os frutos do mar no aeroporto, fresquinhos para compor seus saborosos pratos.



Luca e Emanuele também souberam escolher seus colaboradores.

Vânia, a cozinheira, já está aprendendo a arte da cozinha mediterrânea. Emílio, garçom competente, está sempre pronto a lhe atender com um sorriso no rosto e um esmero só seu. Recentemente, Juraci integrou a equipe. Na cozinha, Luca e ele se transformam no par perfeito para a elaboração das saborosas massas.



Luca também tem um projeto de constituir uma escola de culinária. Sua idéia é ensinar o preparo de pratos mais fáceis, as segundas e quartas-feiras, dias de menor movimento, para um pequeno grupo. O resultado do preparo, claro, será degustado pelos participantes. Aliás, uma informação importante, o Paparazzi fecha às terças-feiras, afinal Luca, Emanuele, Emílio, Vânia e Juraci, depois de tanta dedicação, precisam de um pouco de descanso!

 

Cozinhar para Luca e Emanuele é uma tradição, é algo intrínseco e existencial, faz parte de suas identidades, por isso, por ser praticamente visceral, as pizzas e as massas são tão saborosas e deliciosas!! Você já ouviu o ditado de que as mãos do cozinheiro é que dão o bom tempero à comida? Pois é, as mãos de Luca e Emanuele sabem, e muito bem, como temperar. A nós, clientes satisfeitos, só nos resta agradecer!

 



Autor: Jorge Nóvoa e Soleni Biscouto Fressato
Publicação vista 2796 vezes


Existe 4 comentários para esta publicação
quinta-feira, 7/5/2009 por mamma Grazia
ok
sicuramente la pizza sarà meglio di vquella che fanno a Napoli, perchè Luca è grandissimo besos
terça-feira, 21/4/2009 por Lana Beiro
Delícia, qualidade e conforto
Parabéns GRANDE LUCA! Você merece todo sucesso e obrigado por proporcionar a nossa bela Salvador o verdadeiro sabor com qualidade, sofisticação, humildade, alegria e conforto. Abraços para toda equipe da PAPARAZZI. huum Todo Bom!
sexta-feira, 10/4/2009 por helio ferreira
pizza me deu agua na boca
otima a reportagem sobre pizza. Parabens a nossa exelente revista pela reportagens abraços
quarta-feira, 8/4/2009 por Raquel
Paparazzi... Templari... Luca...
Só me resta ter a honra de concordar! BRAVÍSSIMO CHEFE LUCA! Que saudade daquele Filé a Templari! Muito sucesso para o Paparazzi! Aquele abraço pra toda essa galera gente boa que te cerca! Raquel dos Santos Carlos
Enviar comentário


Confira na mesma editoria:
A "arte" da deselegância
A "arte" da deselegância
A volta aos anos 60
A volta aos anos 60
Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.