Volvo XC40 um SUV compacto premium de verdade

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Transferir as virtudes de modelos maiores e mais caros para os menores e mais baratos sempre é um grande desafio. O melhor exemplo é o crescente segmento de crossovers pequenos de luxo, onde muitos modelos desapontam por não ter a mesma sensação de requinte, por falta de estilo, refinamento, equipamentos e impressão ao dirigir que aparecem nos carros mais caros de suas fabricantes. A boa notícia é que no Volvo XC40 é diferente, pois ele realmente parece tão bom quanto o XC60 e XC90.

Volvo XC40 um SUV compacto premium de verdade

A Volvo descreve o XC40 como um "primo" dos modelos maiores, ao invés de irmão, pois o novo crossover não é simplesmente uma versão reduzida do XC60 e XC90. As instruções para os designers foram de criar um "robô pequeno e robusto", uma descrição boba, mas que se encaixa bem ao olhar para a posição do carro, com suas rodas posicionadas mais nas extremidades. É o primeiro carro da Volvo com a plataforma Compact Modular Architecture (CMA), e isso é bom porque faz com que o XC40 não seja tão compacto assim, medindo 4,42 metros de comprimento e 1,65 m de altura, com saudáveis 21 centímetros de distância em relação ao solo.

O capô afiado em forma de concha inicia o design conciso, enquanto as laterais da carroceria descartam as usuais linhas de ombro dos carros modernos e, em seu lugar, são acentuadas por uma grande depressão na parte de baixo das portas. A linha de cintura sobe de maneiraforte ao passar da janela traseira, e há um grande spoiler sobre a tampa do porta-malas. Uma variação dos faróis de LED "Martelo de Thor" e as lanternas (também em LED) em forma de L ajudam a identificar o carro no trânsito.

 

Com o teto branco opcional nos modelos de entrada ou o teto preto brilhante das versões R-Design, há ainda mais presença nas ruas. O único problema é o pequeno pedaço de plástico na coluna C; está lá para cobrir a transição da pintura entre a carroceria e o teto, mas ele produz uma linha irritante que, uma vez notada, não podemos deixar de ver.

Os designers de interior da Volvo conseguiram equilibrar praticidade com diversão dentro do XC40. Não há caixas de som nas portas dianteiras, por exemplo, para aumentar o espaço do porta-objetos, e colocaram carpete em seu interior (ao invés de plástico) para impedir que os trecos fiquem fazendo barulho ao bater. Por outro lado, você pode pedir que este carpete seja pintado de laranja, se seus olhos forem corajosos.

 

Muitas das tecnologias vêm do XC60 e XC90, incluindo o painel de instrumentos totalmente colorido, o seletor de marcha e a central multimídia Sensus supersimples de usar. Controles climáticos e aquecimento do volante e bancos são controlados na tela sensível ao toque, então há poucos botões físicos no console central; ao contrário dos modelos maiores da Volvo, o botão para acionar o motor está do lado do volante, ao invés do console central. Infelizmente,

A versão de lançamento do XC40 no Brasil virá com o motor 2.0 turbo de quatro cilindros, com tração integral e câmbio automático de 8 marchas. É um motor pequeno, mas notável. A versão de entrada gera 190 cv, enquanto as mais completas contam com 254 cv, entregues sem demora. Rápido para responder assim que você pisa fundo, o XC40 é frio e calculista na cidade. Você raramente irá notar a transmissão fazer as trocas e a potência é entregue de forma linear.

 

Seu preço inicial será bem competitivo. O modelo inicial custará R$ 169.950, abaixo de seus rivais com motorização e nível de equipamento próximo. O Audi Q3 2.0 custa R$ 176.699, o BMW X1 parte de R$ 178.950 e o Mercedes-Benz GLA custa R$ 175.900. A versão intermediária custará R$ 189.950 e a topo de linha chega a R$ 209.950. Bom, isso até a chegada da futura versão híbrida, que ainda não foi apresentada.

Este não é um carro barato que recebeu alguns pedaços de couro. É um carro que foi criado desde o início para ser uma experiência premium.

Seja lá qual versão você escolha, estará muito feliz com o Volvo XC40. O carro é bem-sucedido porque é bom em praticamente tudo. Não falta lugares bem sacados para guardar coisas do lado de dentro, anda bem pelas ruas e tem um bom leque de itens tecnológicos. Melhor ainda, o XC40 não fica devendo no design, acabamento ou dinâmica em comparação com seus primos mais caros. Este não é um carro barato que recebeu alguns pedaços de couro. É um carro que foi criado desde o início para ser uma experiência premium.

Motor 2.0 Turbocharged

Potência 254 cv

Velocidade máxima 225 km/h

Tipo de direção Integral (AWD)

Volume do porta-malas 586 litros

Preço de entrada R$ 169.950

Preço como testado R$ 209.950






Autor: J. Holmes
Publicação vista 405 vezes


Existe 0 comentário para esta publicação
Enviar comentário


Confira na mesma editoria:
Rolls Royce Cullinan nunca se viu um SUV assim
Rolls Royce Cullinan nunca se viu um SUV assim
Volvo XC60 T8 R-Design uma fera de 400cv
Volvo XC60 T8 R-Design uma fera de 400cv
Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.